Corpo de criança que morreu atropelada na Ilha é enterrado na Zona Norte

'Não tenho mais ninguém. Não tenho mais pai, mãe, irmão, filho. Perdi tudo!', desabafa mãe de garoto de 5 anos

Por O Dia

Rio - O corpo de Mateus Teixeira Canalonga, de 5 anos, que morreu atropelado na noite de sábado, na Ilha do Governador, foi enterrado, nesta segunda-feira, às 11h, no Cemitério do Cacuia, no mesmo bairro, Zona Norte da cidade.

Corpo de criança de 5 anos que morreu atropelada no último sábado é enterrado na Zona NorteThiago Lara / Agência O Dia

A mãe do garoto, Fabiana Cristina Fonseca Teixeira, de 30 anos, fez um desabafo ao dizer que não tem mais ninguém para acordá-la de manhã e chamá-la de linda, como seu filho fazia todos os dia. "Não tenho mais ninguém. Não tenho mais pai, mãe, irmão, filho. Perdi tudo!"

A vizinha Simone Lima, de 32 anos, amiga de Fabiana, soube da morte da criança pela TV. "Lá na comunidade atropelamentos são comuns, conhecia Mateus desde 1 aninho e não acreditei".

Mãe de criança de 5 anos que morreu atropelada no último sábado é amparada durante sepultamento do filhoThiago Lara / Agência O Dia

Moradores atearam fogo em motorista

O motorista Antonio Pereira dos Santos, de 33 anos, teve seu corpo queimado por moradores que presenciaram o atropelamento. Ele fugia de um acidente de carro que se envolvera momentos antes na Estrada das Canárias, no mesmo bairro. O homem foi preso em flagrante por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), lesão corporal culposa e fuga de local de acidente de trânsito.

Devido ao grave estado de saúde do motorista, não foi feito teste do bafômetro. Ele foi encaminhado, sob custódia da polícia, ao hospital particular Santa Maria Madalena, em estado grave. A unidade não informou seu estado de saúde.

Últimas de Rio De Janeiro