O DIA no Grande Rio: Influência africana

Estudo mostra que os líderes religiosos do candomblé e da umbanda estão, geralmente, ligados a projetos sociais

Por O Dia

Rio - Será apresentando neste sábado, num seminário a partir das 8h30 na sede do Conselho de Entidades Populares de São João de Meriti, o resultado do 1º Censo das Casas de Religiões de Matrizes Africanas que a prefeitura e a Unigranrio vêm fazendo desde 2011.

Os números são mantidos em sigilo pelos organizadores do levantamentos, mas já sabe-se que há cerca de 300 casas onde há regularmente rituais e encontros religiosos. Além disso, o estudo mostra que os líderes religiosos do candomblé e da umbanda estão, geralmente, ligados a projetos políticos e sociais nas comunidades com as quais trabalham.

Últimas de Rio De Janeiro