Empresário tem sítio invadido e é agredido por estar sem dinheiro

Vítima é internada em estado grave. Um suspeito acaba capturado

Por O Dia

Rio - Um empresário foi espancado por dois homens armados no sítio dele, em Ilha de Guaratiba, na manhã desta segunda-feira. Os bandidos invadiram o local, onde há cultivo de flores, e se revoltaram quando Cirilo Lopes Terra Junior, de 57 anos, disse que não tinha dinheiro. A dupla também agrediu dois funcionários de Cirilo e fugiu no caminhão de entrega de flores.

O empresário está internado em estado grave no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, também na Zona Oeste, e um suspeito, André Dias de Campos, de 20, foi preso com uma pistola e munição por policiais do 27º BPM (Santa Cruz), que suspeitaram dos acusados e os pararam próximo à estação BRT Pingo d’Água. O outro suspeito conseguiu fugir para a Favela do Cesarão.

Segundo a 36ª DP (Santa Cruz), André e o comparsa ainda tentaram atear fogo ao sítio e queriam queimar também o caminhão na favela. O preso vai responder por roubo e tentativa de incêndio. Cirilo corre risco de vida, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Últimas de Rio De Janeiro