Torcedores do Botafogo picham sede contra a venda de Vitinho para o CSKA

Manifestantes pediram a saída do presidente do clube e atiraram morteiros

Por marcello.victor

Rio - Cerca de 50 torcedores do Botafogo fizeram um protesto na sede do clube, em General Severiano, na Zona Sul do Rio, na noite desta segunda-feira.

Eles são contra a venda do atacante Vitinho, de 19 anos, negociado com o CSKA, da Rússia. Os muros foram pichados com frases como 'Fora Maurício' (Assumpção, presidente do clube), 'Acabou o amor', 'Mercenário' e cifrões.

Torcedores se revoltaram com a venda de jovem revelação do BotafogoAlessandro Costa / Agência O Dia

Segundo funcionários que prestavam serviços na sede, alguns torcedores permaneceram no local durante parte da noite. Ainda de acordo com as testemunhas, os manifestantes picharam também alguns locais da parte interna do clube. Do lado de fora, outros mais exaltados chegaram a lançar morteiros para o interior da sede. Ainda não há informações sobre danos. O grupo deixou o local por volta de meia-noite. Ninguém foi detido.

Para ter o jogador, o clube russo aceitou pagar a multa rescisória no valor de dez milhões de euros (R$ 31,5 milhões). Apelidado de Furacão, Vitinho é a principal revelação do Botafogo nos últimos anos. O atleta já voltou ao Rio e não enfrenta o Atlético-MG, em Belo Horizonte, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

O Botafogo ainda não se manifestou oficialmente sobre a venda do jogador.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia