Por cadu.bruno

Rio - Policiais da Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (Deam) de São João de Meriti prenderam, nesta quarta-feira, um ajudante de mecânico de 39 anos. Ele é acusado de estuprar três alunas de uma turma especial de uma escola, no bairro de Tomazinho, no dia 6 de agosto.

Contra ele foi expedido mandado de prisão por estupro de vulnerável, pela 1ª Vara Criminal de São João de Meriti. De acordo com os agentes, o criminoso trabalhava em uma empresa de ônibus perto da escola e se aproveitou que as vítimas são portadoras de deficiências mentais, as levou para um dos veículos e as abusou sexualmente. A prisão aconteceu na casa do bandido, no mesmo bairro onde aconteceu o crime.

Segundo a delegada Teresa Pezza, que está respondendo pela especializada, os abusos chegaram a seu conhecimento através de relatos das mães das meninas, orientadas pela diretora da escola, onde os primeiros comentários surgiram.

A delegada afirmou que o homem, que é conhecido na localidade por se envolver com meninas jovens, é também pai de uma criança que tem deficiência.

Você pode gostar