Paciente mata a tia em centro psiquiátrico da UFRJ

Versão de instituição é contestada por funcionários

Por O Dia

Rio - Um paciente do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ipub) matou a tia durante visita na última sexta-feira. Segundo a assessoria de imprensa da UFRJ, L. estava com a tia no pátio quando a empurrou. Médicos prestaram socorro, mas ela não resistiu e faleceu às 18h05. O homem está preso sob custódia na unidade.

A versão da instituição é contestada por funcionários. Uma enfermeira que trabalha no local há anos afirmou que o paciente quebrou o pescoço da tia após discussão. “Nós, funcionários, estamos com medo de trabalhar. Há muitos pacientes agressivos, não é somente este caso”, afirmou a enfermeira, que pediu anonimato.

Ainda segundo a UFRJ, o paciente está internado na unidade desde março e já foi medicado. Ele está na enfermaria protegida, onde fica sob vigilância para garantir a segurança dele e dos funcionários. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios (DH).

A Polícia Civil não informou nada sobre o caso. Em nota, a direção do Ipub lamentou a morte e disse estar acompanhando o andamento do processo. Além disso, a unidade detalha que esta foi a primeira vez que o instituto registra uma morte.

Últimas de Rio De Janeiro