Detro apreende 17 ônibus durante operação

Veículos foram multados e recolhidos em Niterói e Baixada

Por O Dia

Rio - Fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) apreenderam, nesta quinta-feira, durante a operação "Legal tem que ser legal", 17 ônibus e a aplicação de 34 multas. Paralelamente, equipes atuaram no combate ao transporte pirata, apreendendo oito veículos em São Gonçalo, sendo cinco kombis e três vans.

Em Niterói, no terminal João Goulart, a Rio Ita teve um ônibus recolhido por parte elétrica inoperante, lanterna inoperante e falta de posto do cobrador e outros dois multados, um por dupla função e um por roleta em desacordo com edital. Já a Fagundes teve cinco ônibus encaminhados à garagem, sendo três por selo vencido, um deles infracionado também por alteração de característica, e dois por falta de posto do cobrador. A empresa teve ainda um coletivo multado por falta de adesivo com telefone da Ouvidoria e dupla função.

A ABC teve dois ônibus retirados de circulação, sendo um por selo vencido e outro por falta do posto de cobrador. Os agentes ainda apreenderam dois carros da Ingá por CAT (Certificado de Autorização de Tráfego) vencido e multaram um coletivo da Viação Mauá por roleta em desacordo com edital

No terminal de Duque de Caxias, os fiscais retiraram de circulação sete coletivos, sendo dois da Irtemunicipal por CAT vencido; um da Master por alteração de característica (falta de posto do cobrador), dois da Expresso Mangaratiba, um por limpador de para-brisa inoperante e o outro por falta de CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de veículo) e um da Expresso Mangaratiba e um da Rio Minho por alteração de característica (banco no final do corredor), ambos multados também por falta de telefone da ouvidoria do Detro. A Expresso Mangaratiba ainda recebeu oito infrações por roleta em desacordo com o edital.

Últimas de Rio De Janeiro