Informe do DIA: Os sem-candidato

Pesquisas indicam: se a eleição para governador fosse hoje, cerca de 50% dos eleitores não escolheriam nenhum dos atuais pré-candidatos

Por O Dia

Rio - Pesquisas indicam: se a eleição para governador fosse hoje, cerca de 50% dos eleitores não escolheriam nenhum dos atuais pré-candidatos, entre eles, Pezão (PMDB), Lindbergh Farias (PT), Garotinho (PR), Cesar Maia (DEM) e Marcelo Crivella (PRB). Não há um grande favorito: a diferença entre o primeiro e o último colocado fica em torno de dez pontos.

A falta de entusiasmo dos eleitores e as eventuais consequências das grandes manifestações preocupam os partidos, que preveem uma grande quantidade de votos nulos ou em branco.

A vez dos azarões

A situação pode até viabilizar a eleição de candidatos com altos índices de rejeição, normalmente derrotados no segundo turno, quando o eleitor tende a votar no que considera menos ruim. Basta que dois deles sejam os vencedores no primeiro turno.

Dornelles na lista

O nome do senador Francisco Dornelles (PP) começa a ser citado como possível vice da chapa do PMDB.Atual secretário estadual da Casa Civil, Regis Fichtner também foi lembrado. Segundo Sérgio Cabral, a escolha caberá a Pezão.

Últimas de Rio De Janeiro