Cartório do Hospital Pedro II completa 1 ano com mais de 4 mil registros

Maioria dos registros na unidade é de meninos

Por O Dia

Rio - Desde que foi inaugurado, em agosto de 2013, o posto do 13º Cartório de Registros Civil de Pessoas Naturais do Hospital municipal Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste, já realizou 4.528 registros, sendo que 3.502 são de nascimentos ocorridos na unidade de saúde. Com isso, o posto que funciona de segunda à sexta-feira, das 9h às 13h, emitindo gratuitamente a primeira via da certidão de nascimento, evita que os pais se desloquem até Campo Grande para registrar seus filhos.

O local segue o mesmo padrão de atendimento em sua rotina, em que a maioria dos bebês registrados são meninos, contrariando as estatísticas de que mulheres dominam o mundo. E o serviço tem sido cada vez mais procurado: em agosto de 2013 foram 290 registros, contra os apenas 30 feitos no mesmo mês do ano passado.

Para tirar a certidão de nascimento, é preciso apresentar a Declaração de Nascido Vivo (DNV) emitida no hospital em que consta o nascimento na unidade, original e fotocópia de documento oficial (RG, carteira de habilitação ou carteira de trabalho) dos pais e, para os que forem casados oficialmente, a certidão de casamento. Nos casos em que o pai e a mãe forem solteiros, é necessário que o pai vá pessoalmente ao posto para registrar a criança em seu nome, caso contrário a certidão sairá apenas com o nome da mãe.

Últimas de Rio De Janeiro