Classe criativa carioca conecta sociedade civil a ativistas sociais

Evento engaja população e reúne personalidades sociais de destaque no social business

Por O Dia

Rio - Uma discussão que busca melhorias sociais para a cidade do Rio de Janeiro. Essa é a proposta do ‘Se Liga, Rio’, evento que reuniu cerca de 100 pessoas no último dia 20, na Liga Experimental, em Santa Teresa, na última sexta-feira. Pensando em soluções que tragam mais planejamento, segurança, educação, sustentabilidade e liberdade o encontro uniu grandes representantes de diferentes grupos da sociedade carioca em um bate-papo. O tema da primeira edição do encontro foi “Se a cidade fosse sua o que nela teria?”.

Dentre os convidados presentes estavam Murilo Farah, cofundador e CEO da Benfeitoria; Leonardo Eloi, diretor de projetos do Meu Rio; Marcio Calvão, sócio diretor do Rever Urbano; Pedro Salomão, empresário do movimento ‘Rio Eu Amo, Eu Cuido’; e Dríade Águiar, representante da Mídia Ninja.

Pedro Salomão, do ‘Rio Eu Amo Eu Cuido’, acredita que o Rio tem que ser uma “cidade de encontros”, onde cariocas possam compartilhar os espaços públicos. “É importante que a população tome iniciativas para sugerir soluções para a cidade. As mudanças têm que partir de dentro do indivíduo”, afirmou.

Pedro Salomão, do movimento "Rio Eu Amo Eu Cuido" participa de evento em Santa TeresaDivulgação

Dríade Aguiar destacou o papel do Mídia Ninja, afirmando que a importância do grupo é “fazer com que todo mundo entenda que a cidade é nossa, em todas as instâncias e em todos os níveis”. A representante, que já morou em São Paulo, Cuiabá, Brasília e Rio de Janeiro, lembrou que o Rio é rico em fontes de informação. “Existe mídia nesse país há muitos anos, mas tem pouco tempo que as pessoas começaram a buscar a sua versão alternativa”.

Segundo Murilo Farah, da Benfeitoria, plataforma de financiamento coletivo, “uma cidade só é bem construída quando ela possibilita encontros”. Para ele, “a ideia é deslocar o cidadão de uma célula passiva e dá-lo poder para que ele possa impactar o espaço público”.

Participando do evento, Flávio Abreu, representante da associação de moradores de Santa Teresa, ressaltou a importância de estimular a mobilidade urbana por meio de iniciativas que privilegiem o transporte coletivo.

Sobre o ‘Se Liga, Rio’

Consiste em um ciclo de encontros que reunirá empreendedores e grandes personalidades da economia criativa para engajar a população carioca em torno de melhorias socias. foi produzido por meio de uma parceria entre a Liga Experimental, espaço de coworking criativo, e a Satrapia, empresa que desenvolve projetos culturais com objetivo de melhorar a experiência dos cariocas e turistas em relação à vivência cultural na cidade do Rio.

Para Marllon Calaes, coordenador de negócios criativos da Liga Experimental, “A cidade precisa de ser pensada pelo cidadão que vive nela. E é isso que vamos promover com essa série de encontros sobre a cidade”. Renata Tasca, sócia da Satrapia, pontua: “Queremos causar uma discussão entre pessoas criativas com experiências complementares para pensarmos soluções práticas como cidadãos cariocas”.

Últimas de Rio De Janeiro