Informe do DIA: Idas e vindas do PT

Disputas internas complicam a saída do partido do governo estadual

Por O Dia

Rio - Disputas internas no PT complicam a saída do partido do governo estadual. Em tese, o desembarque será sacramentado em reunião marcada para o dia 30 de novembro — a entrega dos cargos ocorreria logo depois.

Nos últimos dias, porém, representantes da corrente CNB, majoritária na direção nacional petista, vêm tentando colocar panos quentes no rompimento. Têm dito que o ex-presidente Lula está empenhado em convencer Sérgio Cabral a desistir de lançar Pezão para o governo. O PMDB, assim, apoiaria o petista Lindbergh Farias.

Lula lá e cá

Peemedebistas negam a desistência. Dizem que, em recente almoço com Lula, Cabral insistiu que rejeita a possibilidade de Dilma Rousseff apoiar dois candidatos ao Palácio Guanabara. As versões coincidem num ponto: Lula acha precipitada a saída do governo.

Com Bené

Outro detalhe importante: Lula tem dado um discreto apoio para a deputada federal Benedita da Silva na disputa pela presidência do PT-RJ. Entre os candidatos, ela é que tem a postura mais conciliadora em relação ao PMDB.

Últimas de Rio De Janeiro