UFRJ discute modelos de gestão para hospitais universitários

Votação de proposta de contrato deve ocorrer nesta quinta

Por O Dia

Rio - O Conselho Universitário da UFRJ (Consuni) realiza nesta quinta-feira, sessão ordinária com a pauta única “Modelos de gestão para os Hospitais Universitários da UFRJ”. Está prevista para a ocasião a votação da proposta de contrato entre a universidade e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares do Ministério da Educação (Ebserh/MEC).

A votação ocorrerá após o debate sobre os pareceres das três comissões permanentes do Consuni: Legislação e Normas, Ensino e Títulos, e Desenvolvimento. A sessão terá início às 9h30 e ocorrerá no Auditório Horta Barbosa, do Centro de Tecnologia (CT).

A Ebserh é uma empresa estatal, vinculada ao Ministério da Educação, criada pela Lei nº 12.550, em 15 de dezembro de 2011, com a finalidade de apoiar a gestão administrativa dos hospitais universitários do país, efetuar compras centralizadas de equipamentos e insumos, e realizar a contratação de servidores através de concursos públicos.

No ano passado, a Reitoria da UFRJ iniciou diálogos com a Ebserh/MEC para estudar as propostas da estatal para quatro hospitais da universidade. Nos últimos meses, diversos debates foram realizados para discutir a proposta apresentada pelo Governo Federal às universidades do país e, especificamente, as propostas para a UFRJ.

Caso o Consuni decida pela contratação da Ebserh/MEC, quatro hospitais da universidade passarão a contar com o apoio da empresa à sua gestão: Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), Instituto de Psiquiatria (Ipub), Instituto Martagão Gesteira de Pediatria e Puericultura (IPPMG) e Maternidade Escola da UFRJ (ME).

O Consuni, órgão máximo de deliberação da UFRJ, é composto por oito membros da reitoria e 44 outros conselheiros, entre decanos, professores (titulares, associados, adjuntos e assistentes), servidores técnicos administrativos, alunos e outros membros representativos da universidade.

Últimas de Rio De Janeiro