Corpo de lutador de MMA é enterrado na Zona Norte

Atleta não resistiu ao esforço do processo de perda de peso

Por O Dia

Rio - Familiares e amigos enterram neste sábado o lutador de MMA Leandro Caetano de Souza, conhecido no meio esportivo como Leandro Feijão. O sepultamento foi realizado no Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte.

Familiares e amigos se emocionam no enterro do corpo do lutadorMárcio Moraes / Agência O Dia

Na quinta-feira, o atleta passou mal antes da pesagem da edição 43 do Shooto Brasil e foi levado à UPA de Botafogo, mas não resistiu ao esforço do processo de perda de peso. Um acidente vascular cerebral hemorrágico tirou a vida do jovem.

Segundo André Pederneiras, um dos fundadores da equipe Nova União e organizador do evento, Feijão morreu na UPA de Botafogo por causas ainda desconhecidas. Por conta do falecimento do atleta, o Shooto 43 foi cancelado.

“É com grande pesar que venho por meio desta, noticiar o falecimento do atleta Leandro Caetano de Souza, o atleta veio a óbito na UPA de Botafogo, os motivos ainda não são de nosso conhecimento, gostaríamos de expressar os pêsames a todos os amigos e familiares”, escreveu Dedé no Facebook.

Amigos e familiares se emocionam no enterro do corpo do lutadorMárcio Moraes / Agência O Dia

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Leandro deu entrada na unidade na UPA de Botafogo às 14h50, desacordado, com dificuldades para respirar e sem pulso. Ele foi entubado e submetido a manobras de ressuscitação, mas faleceu às 15h50.

O também lutador André Chatuba, treinador de Leandro Feijão, também deu a notícia de falecimento através da rede social. “Boa noite, pessoal. Venho comunicar o falecimento do nosso atleta Leandro Feijão, que iria fazer uma luta amanhã no Shooto. Feijão passou mal antes da pesagem do evento, desmaiou e foi levado para o hospital, ainda não sei o que levou Leandro à morte”, escreveu.

No evento, Feijão lutaria contra Gabriel Brasil na categoria até 57 quilos. Ele tinha um histórico de 10 lutas, sendo cinco vitórias e cinco derrotas. A pesagem é o momento mais difícil para os atletas de MMA. Muitos chegam a perder mais de 10 quilos em dias para bater o peso.

Lutador José Aldo durante o enterro de LeandroMárcio Moraes / Agência O Dia










Últimas de Rio De Janeiro