Líder de facção é baleado durante tiroteio com policiais em Neves

Traficante Gaguinho está em hospital com forte aparato da PM

Por O Dia

Gaguinho foi hospitalizado e está sob forte aparato policialDivulgação

Rio - Apontado pela polícia como um do líderes do Comando Vermelho que ainda estava em liberdade, Maico dos Santos Souza, o Gaguinho, foi preso na tarde deste sábado. O traficante foi baleado durante intenso confronto travado pela manhã entre policiais do 7º BPM (São Gonçalo) e criminosos do Complexo da Coruja, em Neves, onde a PM fazia operação desde cedo.

Gaguinho foi localizado pelos policiais horas depois do confronto, internado na Casa de Saúde São José. Um forte aparato de segurança foi colocado dentro e fora da unidade, para custodiar o criminoso.

Além da Coruja, Gaguinho era responsável pelas bocas-de-fumo de outros três morros. Segundo a polícia, o faturamento mensal da quadrilha girava em torno da venda de drogas e da arrecadação de bailes funk nas comunidades. Ainda de acordo com investigações, Gaguinho também abrigava em São Gonçalo traficantes fugidos de favelas do Rio e teria participado de uma tentativa de resgate de bandidos na BR-101, em junho, que deixou um agente penitenciário morto e outras três pessoas feridas. Pela captura de Gaguinho, o Disque-Denúncia (2253-1177) oferecia recompensa de R$ 2 mil.

A operação no Complexo da Coruja foi deflagrada no início da manhã deste sábado, para checar informações e reprimir o tráfico. Segundo o comandante do batalhão, tenente-coronel Carlos Sarmento, houve um intenso tiroteio na chegada da polícia. Dois criminosos foram presos na ação e vários entorpecentes, apreendidos.

Últimas de Rio De Janeiro