Por adriano.araujo

Rio - Uma mulher enviou por Sedex para a cadeia pública Cotrim Neto, em Japeri, na Baixada Fluminense, um aparelho celular escondido dentro de uma escova de lavar roupa. O material foi encontrado na manhã desta quarta-feira por inspetores da Segurança e Administração Penitenciária (Seap), juntamente com três chips.

O material foi enviado por Ana Nélia Pimentel da Silva e seria destinado ao preso Marcondes Dantas de Araújo. De acorco com a Seap, tanto a utilização de escovas quanto o recebimento de material via Sedex não são permitidos nas dependências das Unidades Prisionais. O caso foi encaminhado para a 63º DP (Japeri).

Celular é encontrado com mais três chips dentro de escova de lavar roupaDivulgação


Você pode gostar