Morre o compositor Paulinho Tapajós

Músico lutava contra um câncer há seis anos

Por O Dia

Compositor lutava contra câncerReprodução Internet

Rio - Morreu, na tarde desta sexta-feira, o compositor Paulinho Tapajós, 68 anos, autor de clássicos da música popular brasileira como 'Andança' e 'Sapato Velho'. Tapajós estava internado no hospital Total C'or, em Ipanema, Zona Sul do Rio. Ele lutava contra um câncer há seis anos.

O músico será velado às 9h deste sábado no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O enterro está marcado para às 14h. Além da carreira musical, Paulinho Tapajós era produtor, poeta e escritor.

Durante sua infância, costumava frequentar o auditório da Rádio Nacional, emissora da qual seu pai era diretor artístico. Cresceu em um ambiente musical, convivendo com artistas como Emilinha Borba, Marlene e Radamés Gnatalli, entre outros.

"Estou profundamente triste com a perda do amigo, do parceiro de música, do meu colega de colégio, de sala. Do meu compadre, ele era padrinho da minha filha, e eu estou muito triste porque eu acompanhei bastante toda a trajetória dele, da doença", disse Beth Carvalho, que gravou 'Andança'.

"Ele estava sofrendo muito, mas eu queria ele vivo. Talvez seja egoísmo da minha parte, mas a gente sempre quer mais um pouco, né? Que a pessoa viva, mas realmente ele estava sofrendo demais", finalizou.

Últimas de Rio De Janeiro