Por thiago.antunes

Rio - Diretores da Petrobras começaram a reivindicar a proteção de seguranças particulares. Isto, por conta de protestos diante de suas casas que estão sendo organizados pela Federação Nacional dos Petroleiros e pelo sindicato da categoria. Os “escrachos” — como os atos têm sido chamados — são para reclamar de supostas injustiças contra aposentados e anistiados.

A primeira manifestação ocorreu na sexta, diante do condomínio na Barra onde mora o diretor financeiro da empresa, Almir Guilherme Barbassa. Cartazes com sua foto foram exibidos.

Os próximos

O site do Sindicato dos Petroleiros exibe uma enquete para que internautas escolham a próxima vítima dos escrachos, que deverão ser realizados sempre às sextas. A lista inclui Dilma Rousseff e a presidenta da Petrobras, Maria das Graças Foster.

Você pode gostar