Em prisões federais, chefões ordenaram ação

Segundo a polícia, Marcinho VP e Elias Maluco mandaram resgatar traficante em Niterói

Por O Dia

Rio - A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DH-Nit/SG) identificou 13 suspeitos de participação na tentativa de resgate do traficante Lindomar de Oliveira Brant, o Dodô, de 38 anos, em junho, na Rodovia Niterói-Manilha, próximo à Ilha das Flores, em Niterói. Todos os acusados tiveram o mandado de prisão temporário de 30 dias expedidos pelos crimes de homicídio e dupla tentativa de homicídio, já que na ação um agente penitenciário foi morto, e duas pessoas ficaram feridas. Seis mandados foram cumpridos já pela especializada, sendo dois na noite da última quinta-feira.

A advogada de criminosos da Favela da Reta Velha, em Itaboraí, entre eles Dodô, chefão do pó na região e preso desde 2004, foi em cana quinta-feira, após comparecer à DH-Nit/SG para prestar depoimento. A polícia acredita que ela tenha fornecido os horários na sessão ocorrida no Fórum de Araruama para os bandidos planejarem o resgate. Outro preso é Thiago de Oliveira, de 30 anos, que integrava o tráfico de drogas no Morro da Coruja, em São Gonçalo.

Segundo o delegado titular da DH-Nit/SG, Wellington Pereira Vieira, a ideia do ataque partiu dos chefões do Comando Vermelho Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, e Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco. VP está na penitenciária federal de Porto Velho (RO). Já Elias Maluco cumpre pena no presídio federal de Campo Grande (MS).

“Um dos 11 presos que estavam na van sendo transportados contou em delação premiada que a ideia da dupla era colocar Dodô à frente do tráfico no Complexo do Lins, antes da pacificação”, afirmou o policial.

Cinco estão foragidos

Os outros presos que participaram do ataque e também tiveram o mandado de prisão expedido foram Robson Luiz Martins Monteiro, o Canela de Vidro; Bruno Pacheco Lima, o Boldinho, Claudinho dos Santos Coelho, o Russão; Maico dos Santos Souza, o Gaguinho; Roberto Ferreira Vieira, o Robertinho do Jacaré; Wallace Batista Soalheiro, o Pixote da Coruja; Rodrigo Alves Ferreira, o Playboy do Morro da Formiga, e Robson Aguiar de Oliveira, o Binho.

Gaguinho e Russão estão mortos. Já Boldinho foi capturado mês passado. Ainda estão foragidos Binho, Robertinho do Jacaré, Playboy da Formiga, Canela de Vidro e Pixote.

Últimas de Rio De Janeiro