Por bianca.lobianco

Rio - Moradores do Parque Proletário, no Complexo da Penha, na Zona Norte, encontraram um corpo, na manhã deste domingo, que seria de um mototaxista local, na Rua do Valão, em um dos acessos à comunidade. De acordo com policiais da Unidade de Polícia Pacificadora, o homem, ainda não identificado, teria sido morto com vários tiros. A Divisão de Homicídios investiga o caso.

Nas últimas semanas, o Parque Proletário tem sofrido com confronto de traficantes e policiais. Segundo a Polícia Militar, os bandidos estariam tentando tomar de volta o território perdido com a pacificação. Há dez dias, houve duas trocas de tiros, sendo que no primeiro, no dia 31 de outubro, dois PMs ficaram feridos e um traficante morreu. Já dois dias depois, um policial morreu quando fazia uma ronda no local. Outros três ficaram feridos: Um mototaxista, um menor de 16 anos e Manoel Evaristo de Araujo, de 39 anos.

Você pode gostar