Por adriano.araujo

Rio - A frota do Judiciário do Rio é composta de 785 carros em atividade: 206 — das marcas Ômega (cinco), Fusion (sete), Passat (194) — são usados pelos desembargadores. A frota de representação inclui ainda 105 Vectras, que formam a reserva técnica. Há também dez Jettas blindados. Segundo o TJ, os outros veículos são utilizados no serviço das 81 comarcas do estado.

O número de motoristas é inferior ao de carros: são 398. Quase todos, 373, são profissionais terceirizados, funcionários da Nova Rio Serviços Gerais, empresa que fornece mão de obra.

PMs ao volante

De acordo com o TJ, os 398 motoristas são encarregados de dirigir os 420 carros usados no atendimento “ao trabalho cotidiano”. O quadro de condutores conta também com PMs, responsáveis pelos veículos da Diretoria Geral de Segurança Institucional.

Você pode gostar