Rio sofre com aumento de roubos em ônibus: 91,6%

Quarenta passageiros são assaltados na Barra, área do 31º BPM, que registrou o maior aumento percentual na capital. Em São Cristóvão, foram 47 crimes em agosto

Por O Dia

Rio - Quarenta passageiros da linha 415 T (Barra da Tijuca-Caxias), da Viação Santo Antônio, foram alvos de dois assaltantes, quinta-feira à noite, na Barra da Tijuca. Eles são recentes vítimas de roubos em coletivos, crime que cresceu na capital 91,6% em agosto deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado. Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), o número saltou de 192 para 368, 176 casos a mais.

O assalto aconteceu na área do 31º BPM (Recreio), que apresentou maior percentual de roubos em ônibus da cidade. Em agosto de 2012, foi registrado apenas um caso, contra 28 no mesmo mês deste ano, um aumento de 2.700%. Segundo o delegado-titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), Fábio da Costa Ferreira, os dois suspeitos do assalto escaparam, mas estão com mandados de prisão pedidos. “Prendemos um outro suspeito e apreendemos um menor que agiam na área”, contou ele.

Stefane Silva e dois menores foram capturados em ônibus no GaleãoFabio Gonçalves / Agência O Dia

Em números absolutos, a área do 4º BPM (São Cristóvão) é a mais perigosa para os passageiros. Em agosto deste ano, houve 47 assaltos em ônibus, contra 15 no mesmo mês em 2012. Ontem, na região, PMs do 4º BPM (São Cristóvão) prenderam dois acusados que tentaram assaltar um coletivo próximo à estação de metro do bairro. Procurada, a PM não respondeu sobre o aumento de roubos de coletivos.

Crime após embarque

Nesta sexta-feira, policiais do 17º BPM (Ilha do Governador) lotados no Aeroporto do Galeão prenderem Stefane Silva de Oliveira e apreenderam dois menores num ônibus da Viação Real, que saiu do aeroporto. Ela estava com um revólver 38. A região registrou aumento de 33% de assaltos em coletivos em agosto deste ano em relação ao mesmo mês de 2012.

“Bandidos costumam embarcar no aeroporto e, na Linha Vermelha, anunciam o assalto. O batalhão foi informado e uma viatura conseguiu interceptar o ônibus e impedir o assalto”, contou o comandante do 17º BPM (Ilha do Governador), coronel Dayzer Corpas Maciel. Ele afirmou que quatro PMs fazem o patrulhamento em ônibus na Ilha.