Por thiago.antunes

Rio - Jacira do Carmo Moreira, 46 anos, acusada de explorar sexualmente suas filhas, se entregou à polícia na noite desta sexta-feira. Ela usava o dinheiro ganho prostituindo as meninas, uma delas abusada desde os 9 anos, para consumir drogas. Jacira se entregou na 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) e, posteriormente, será encaminhada à Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV).

Jacira vendeu a virgindade da menina por R$ 50. Pelos programas --  que aconteciam tanto na rua quanto na casa da mulher, em Marechal Hermes -- cobrava R$ 10, R$ 20 ou quanto o estuprador tivesse no bolso. Ela também se prostituia.

Mãe é acusada de explorar sexualmente das filhas para consumir drogasDivulgação

Cinco presos por abusos 

Cinco homens foram presos em Marechal Hermes e Piedade na manhã desta quinta-feira por policiais da DCAV, acusados de manter relações sexuais com a adolescente. Outros dois ainda estão foragidos.

Jacira ainda tem outros cinco filhos. A especializada recebeu o caso através do Disque 100 e o investigava há dois meses. A menina de 15 anos é analfabeta e passou a ir para a escola recentemente. Ela está recebendo tratamento psicológico.

A polícia ainda George Correia Teteu, vulgo Jorge, de 58 anos, e Alexandre Italo Oliveira Santos, conhecido como Alex, 60 anos, apontado como o homem que comprou a virgindade da jovem.

A vítima mora desde 2011 com uma irmã de 20 anos, que a resgatou da casa da mãe exploradora. As outras duas menores abusadas também não moram mais com Jacira. Uma está em um abrigo da Prefeitura e outra estaria em São Paulo. Elas devem ser ouvidas e, com isso, a lista de acusados de estrupro pode aumentar.

Você pode gostar