Por julia.amin
Rio - A Light encontrou irregularidades nos equipamentos de medição da Drogaria Pacheco, na Av. Nossa Senhora de Copacabana, e de uma lavanderia, na Rua Teixeira de Melo. A companhia de energia realizou a "Blitz Legal" na última semana a fim de identificar furtos de energia.
A responsável pela lavanderia foi presa em flagrante, sendo solta em seguida, mediante fiança. Já a ligação irregular da farmácia foi registrada na Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e um representante foi encaminhado a prestar esclarecimentos.
Publicidade
Segundo a Light, se todas as ligações clandestinas fossem eliminadas, a conta de energia diminuiria em 17%. O furto de energia, conhecido como "gato", é crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com pena de até 8 anos de prisão.