Por thiago.antunes

Rio - O policial civil aposentado Jonas Lourenço Silva foi baleado ao tentar evitar assalto em Rocha Miranda, na manhã desta terça-feira, e corre o risco de ficar tetraplégico. Dos três disparos feitos pelos bandidos nas costas dele, pelo menos dois atingiram a coluna cervical. Jonas foi operado no Hospital Souza Aguiar, no Centro, e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde dele inspira cuidados.

O crime ocorreu na Estrada do Barro Vermelho, próximo a um colégio, por volta das 8h. Quatro homens em um Palio praticavam assaltos na região e fizeram, inclusive, outra vítima, um professor daquela escola. Jonas, que seria segurança de um estabelecimento comercial próximo ao colégio, reagiu, mas foi baleado. O bando conseguiu fugir.

Policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) foram acionados e levaram Jonas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rocha Miranda. De lá, ele foi transferido para o Souza Aguiar. O caso está sob investigação da 40ª DP (Honório Gurgel). Os agentes buscam imagens de câmeras de segurança e já ouviram testemunhas para tentar identificar os criminosos.

Você pode gostar