Por thiago.antunes

Rio - Nesta quinta o carioca teve que encarar um dos dias mais quentes do ano. À tarde, a temperatura atingiu a máxima de 39,8 graus, chegando perto do recorde de 2013, de 40,9°, em 8 janeiro. Com sensação térmica de até 46° em Jacarepaguá, passageiros e motoristas de ônibus reclamavam da ausência de ar-condicionado em linhas que percorrem bairros muito quentes.

Termômetro marcou 40 graus%2C mas a sensação térmica chegou a 46°Fernando Borba / Agência O Dia

“Teria que ser obrigatório pelo Detro que os ônibus rodassem com ar-condicionado. Muitos passageiros chegam até a saltar da condução”, disse Edson Gonçalves, 65 anos, motorista da linha 355 (Madureira-Tiradentes). Um temporal com fortes rajadas de vento e grande quantidade de granizo atingiu Petrópolis por volta das 19h desta quinta. A chuva causou alagamento no Centro.

De acordo com o Climatempo, o calor foi causado por uma circulação de ventos quentes que antecedem a frente fria que deve atingir o Rio na manhã de hoje. A previsão é de pancadas de chuva à tarde. A máxima deve ser de 34° e a mínima, de 21° . O sábado será de muita nebulosidade e o sol deve voltar com força no domingo.

Você pode gostar