Por thiago.antunes

Rio - O prefeito Eduardo Paes confirmou nesta quinta-feira que as tarifas de ônibus devem subir em janeiro. Em junho, a prefeitura recuou do aumento dos famosos R$ 0,20 e a passagem voltou a R$ 2,75. A alta de 8% do diesel, no sábado passado, foi mais um ingrediente nas negociações. As empresas de transporte alegam desequilíbrio econômico nas tarifas.

“Olha, é uma previsão contratual ter aumento de passagem. A gente suspendeu em meados desse ano por razões óbvias. E a minha ideia é cumprir o contrato. A gente faz as contas a partir da planilha existente, da equação econômica existente. A gente faz isso e deve implementar aí na frente”, disse Paes, sem mencionar possíveis valores.

Paes deu as declarações após lançamento do comitê organizador das celebrações dos 450 anos da cidadeMárcio Moraes / Agência O Dia

A Rio Ônibus (associação das empresas) e a prefeitura não comentam oficialmente estimativas para o reajuste anual, previsto nos contratos para 1º de janeiro, segundo uma fórmula que leva em consideração a variação dos preços dos insumos. O diesel tem peso de 21% na fórmula, segundo o simulador de tarifas do site da Rio Ônibus, e, portanto, o repasse do combustível seria de R$ 0,05. Entretanto, há outras variáveis, como a mão de obra, defasagem alegada pelas empresas, de R$ 0,20, ganhos operacionais com os corredores exclusivos (BRS) e eventuais isenções fiscais. Esses dois últimos contribuiriam para reduzir o percentual de aumento.

O secretário da Casa Civil, Pedro Paulo Teixeira, comentou que acha “difícil” que o reajuste seja inferior a R$ 0,20. O percentual exato só deve ser conhecido no final de dezembro. Ele afirmou também que não tem como deixar de fazer o reajuste porque está previsto no contrato e a prefeitura não tem como dar subsídio.

As declarações do prefeito foram dadas durante o lançamento do Comitê Rio450, que fará a programação do aniversário de 450 anos da cidade, em 1º de março de 2015. A população pode mandar sugestões de festas, comemorações e presentes para o Rio pelo site www.rio450anos.com.br até 31 de janeiro de 2014.

Colaborou Christina Nascimento

Você pode gostar