Por adriano.araujo

Rio - Em 2012, os municípios do Estado do Rio investiram R$ 8,6 bilhões em educação, 7,2% a mais do que no ano anterior. O percentual supera um pouco a inflação oficial, que chegou a 5,84% — ou seja, a notícia é boa, mas o aumento dos recursos foi um pouco tímido. Os dados estão no anuário ‘Finanças dos Municípios Fluminenses’, que será lançado amanhã.

Em média, cada prefeitura aplicou, no ano, quase R$ 5 mil por aluno, quantia semelhante à investida pelo estado. As melhores escolas privadas do Rio cobram mensalidades superiores a R$ 2 mil.

Melhores e piores

Porto Real foi a cidade que mais investiu por aluno, R$ 11.316; depois vieram Quissamã (R$ 10.713) e Niterói (R$ 9.358). Seguraram a vergonhosa lanterna Magé (R$ 3.124), Belford Roxo (R$ 3.359), Araruama (R$ 3.495) e Miracema (R$3.639).

Você pode gostar