Por adriano.araujo

Rio - Durante a Operação Verão 2014, realizada neste sábado, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), com o apoio de guardas municipais, autuou, com a ajuda de tablets, 11 barraqueiros autorizados que trabalhavam de forma irregular em toda a orla do Rio.

Entre as irregularidades, foi verificada a ausência de tabela de preços e falta de lixeira na barraca. A fiscalização também evitou a prática de 110 jogos (altinho e frescobol) próximos ao espelho d’água e a presença de 72 cães na areia, no trecho de praia do Flamengo a Grumari. Foi impedida também a montagem de uma barraca de camping nas areias de Copacabana, na Zona Sul.

Guardas municipais distribuíram 400 exemplares de manuais educativos de Convivência nas Ciclovias e nas Áreas de Lazer da orla, no Leblon e em Ipanema. Durante a operação, os agentes abordaram 50 pessoas com o objetivo de orientar e reafirmar as ações da fiscalização em nome da boa convivência no principal espaço de lazer da cidade. O estacionamento irregular também foi alvo da fiscalização, com o reboque de 35 veículos na orla.

"A novidade neste verão é o uso de tablets pelos agentes, o que vai agilizar a fiscalização dos barraqueiros e ambulantes tiracolo autorizados nas praias", disse Alex Costa, secretário de Ordem Pública.

Seop realiza ordenamento nos pontos turísticos

Agentes da Secretaria Municipal da Ordem Pública (Seop), com guardas municipais, também realizaram neste sábado ordenamento para coibir o comércio de ambulantes não autorizados e o estacionamento em local proibido em pontos turísticos da cidade. No Corcovado e Pão de Açucar, a fiscalização rebocou 12 veículos e multou 17 por estacionamento em local proibido.

Você pode gostar