Operação vai coibir assaltos em ônibus

Governador cobra ação da polícia contra ataques a passageiros

Por O Dia

Rio - O governador Sérgio Cabral determinou neste domingo ao secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, que monte com sua equipe uma operação para evitar os assaltos a passageiros de ônibus nas principais avenidas cidade do Rio. A medida foi anunciada após denúncia feita pelo Informe do DIA na edição de domingo. “Vamos implementar uma estratégia para combater esse tipo de crime”, disse Cabral, que encaminhou a decisão ao prefeito Eduardo Paes e à Federação das Empresas de Ônibus (Fetranspor).

De acordo com o mapa dos roubos divulgado na coluna, com base em dados repassados pelo Disque-Denúncia à Fetranspor, os assaltantes agem principalmente nas linhas que trafegam pelas avenidas Presidente Vargas, Francisco Bicalho, Brasil, Ayrton Senna e das Américas. Muitas das vítimas também são passageiros dos ônibus que circulam pelas pistas do Aterro do Flamengo.

A maioria dos criminosos vem do Morro da Providência, das favelas Parque Alegria e Parque União, da Cidade de Deus e da Gardênia Azul. Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) revelam que esse tipo de crime foi o que mais aumentou este ano, seguido por roubo de telefone celular e de estabelecimento comercial. Roubos em coletivos cresceram 78,4% de julho a setembro comparado ao mesmo período de 2012. No ano passado, foram 596 ocorrências de roubos a passageiros. Este ano, o número chegou a 1.063 casos.

Últimas de Rio De Janeiro