Complexo do Alemão vai inaugurar delegacia nesta sexta-feira

No dia 21, a Rocinha foi a primeira área pacificada a receber DP

Por O Dia

Rio - A segunda delegacia em áreas pacificadas será inaugurada às 11h de amanhã, no Complexo do Alemão. Com perfil operacional e de investigação, o escolhido para estar à frente da 45ª DP é o delegado Felipe Curi, de 37 anos, seis deles dedicado à polícia. A base será instalada em um terreno junto à estação do teleférico do Itararé. De acordo com o coordenador das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), coronel Frederico Caldas, a identificação imediata dos suspeitos presos pela PM será um dos grandes benefícios da nova delegacia.

“Essa possibilidade de integração com a Polícia Civil é o ideal na segurança pública: a PM atuando preventivamente, em cada viela, em cada beco, e a Polícia Civil fazendo as investigações. A gente sentia falta disso, principalmente na hora da identificação dos bandidos. Considero esse um dos principais avanços do processo de pacificação nos últimos tempos”, acredita.

A base da delegacia no conjunto de favelas será instalada perto de uma estação do teleféricoFernando Souza / Agência O Dia

Felipe Curi atuou na 33ª DP (Realengo) e depois na 21ª DP (Bonsucesso), onde comandou uma investigação de oito meses, com expedição de 44 mandados de prisão preventiva para traficantes das comunidades de Manguinhos, Mandela e Jacarezinho.

Em outra operação, foi identificado um núcleo de traficantes que fornecia drogas para vários estados do Nordeste, além de São Paulo, Brasília e Rio. Somente no Rio, cerca de 12 toneladas de maconha e 500 quilos de cocaína eram distribuídos. No último dia 21, a comunidade da Rocinha foi a primeira área de pacificação a receber uma delegacia.

Últimas de Rio De Janeiro