Tumulto na Rocinha acaba com PM ferido, viatura depredada e homem baleado

Segundo UPP, PMs foram à comunidade checar informações sobre presença a de traficantes e foram recebidos a tiros

Por O Dia

Rio - O fim da manhã de Natal foi de tensão na Rocinha após uma confusão envolvendo moradores e policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela. O saldo foi um policial ferido, uma viatura da PM depredada e um morador ferido.

De acordo com a PM, policiais foram à comunidade checar informações sobre a presença de traficantes na localidade conhecida como Largo do Boiadeiro e foram recebidos a tiros. Ainda segundo a UPP, na fuga os supostos criminosos deixaram para trás uma mochila contendo uma quantidade não contabilizada de drogas.

Soldado da PM ficou ferido durante tumultoMárcio Mercante / Agência O Dia

Quando os policiais apreendiam a mochila, um grupo de homens tentou impedir a ação dos militares e atiraram pedras, barras de ferro, madeiras e garrafas de vidro contra os policiais e a viatura que estava no local.

Um homem, identificado como Alex Duarte Monteiro, de 21 anos, atirou diversas garrafas de vidro, ferindo um dos policiais na cabeça. Segundo a PM, na tentativa de se defender, o policial efetuou um disparo que atingiu de raspão o rosto de Alex, que foi socorrido e encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Rocinha. Ele passa bem e não corre risco de morrer. O policial ferido também foi sorrido, encaminhado para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM) e passa bem.

Viatura da PM ficou destruída após confusão entre PMs e moradores na rOCINHADivulgação / Facebook Viva Rocinha

Após o tumulto, o policiamento foi reforçado na comunidade e buscas estão sendo feitas com objetivo de identificar e prender os criminosos. O caso foi encaminhado para a 11ª DP (Rocinha).

Últimas de Rio De Janeiro