Por cadu.bruno
Pablo Lucas Faria é apontado pela polícia como autor de pichações a monumentosDivulgação

Rio - Policiais da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) identificaram Pablo Lucas Faria como um dos autores das pichações das estátuas de Carlos Drummond, em Copacabana, Zózimo do Amaral, no Leblon, e do monumento de Estácio de Sá.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira pela assessoria de imprensa da Polícia Civil.
Publicidade
De acordo com a polícia, ele é empresário da cidade de Uberaba e foi identificado após uma pesquisa no sistema da especializada.
De acordo com o delegado titular da unidade, José Fagundes, as investigações continuam em andamento para localizar o suspeito. Ainda segundo o delegado, a mulher que aparece nas imagens com Pablo foi identificada como namorada dele. Ela é conhecida como Mel.
Publicidade
O produtor é suspeito de também ser o autor das pichações na estátua de Zózimo Barroso do Amaral, no Leblon, e do monumento de Estácio de Sá, no Aterro.
A confirmação da identidade veio por meio de informações de outros pichadores e da consulta ao banco de dados especializado da polícia.
Publicidade
Não é a primeira vez que o produtor de eventos Pablo Lucas Faria é autuado. O DIA verificou que em março de 2012, ele foi acusado de pichar um muro na Freguesia e o caso foi registrado na 41ª DP, no Tanque.
Mesmo assim, ele não escondeu sua atuação. Faria registra mês a mês na internet no endereço “www.metroflog.com/quase” diversas fotos de suas pichações pela cidade. O viaduto da Leopoldina e prédios na região da Praça da Bandeira, por exemplo, aparecem nas imagens.
Publicidade
A ‘assinatura’ da pichação nos monumentos ajudou no reconhecimento por ser semelhante à utilizada por ele em suas páginas na internet.
De acordo com o delegado titular da unidade, José Fagundes, a polícia já foi até a casa do pichador na Taquara, mas ele não estava no local. Um advogado informou à polícia que ele deve se apresentar em breve.
Publicidade
Essa é a segunda vez que a estátua é pichada. A primeira vez foi em 2002, meses depois da inauguração. Ainda no dia 25, o comerciante Herbert Parente, limpou a estátua voluntariamente.
Você pode gostar