Por thiago.antunes

Rio - O choque de ordem vai atravessar as areias e chegar ao mar de Copacabana neste Réveillon. Com o apoio de um navio-patrulha, a Marinha e o Corpo de Bombeiros vão montar um centro de coordenação para garantir a segurança e a organização das embarcações na orla. Helicóptero e outros 20 navios darão suporte à ação.

Com radares e rádios, o navio NPA Guaporé atuará como ponte entre os barcos da Capitania e dos Bombeiros, agilizando o mapeamento de emergências. A embarcação possui radares, rádios e equipamentos de identificação que auxiliam na comunicação com transatlânticos.
Para evitar acidentes durante e após a queima de fogos, a Capitania dos Portos dividiu o mar de Copacabana em três trechos: os barcos espectadores menores ficarão próximos ao Forte e, os maiores, na entrada da Baía.

Clique no infográfico para ver maiorArte O Dia

Também haverá uma área, mais próxima ao Forte, para refúgio de embarcações pequenas, em caso de mau tempo. São esperados 250 barcos de turismo. Já os nove cruzeiros, que vão atracar durante a festa, ficarão atrás de todas as embarcações. De acordo com o capitão-de-Mar-e-Guerra Fernando Cozzolino, as embarcações que não respeitarem seus espaços poderão ser multadas e até rebocadas. Bafômetros serão usados pelos militares para fazer teste de embriaguez nos condutores.

A Marinha também vai atuar com 17 lanchas e 110 militares na virada. As onze balsas com fogos, que serão inspecionadas hoje, na Ilha, e os oito rebocadores ficarão 700 metros a frente das embarcações e a 400 metros da praia. O Réveillon vai atrair 230 mil turistas em 11 transatlânticos, nove deles em Copa. Em terra, os hotéis já têm 80% de reservas e devem ultrapassar 90% de ocupação, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis. Pela primeira vez no cidade, o casal de argentinos Fernando Antonelle e Gabriela Menghine está encantado com as praias.

Família argentina acha os cariocas muito mais simpáticos e hospitaleiros do que seus conterrâneosJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

"Os cariocas são muito hospitaleiros. Até mais que nós, argentinos”, brincou. O norueguês Arild Roskar, 71 anos, trouxe o neto Kaspar, de 14, para a festa. “É um dos melhores lugares do mundo para se morar", diz. Quem esperava pelo DJ Will.i.am no show em Copa ficará desapontado. O artista cancelou a participação por não concordar com a transmissão de seu show nos EUA e na América do Sul pelo canal de TV, Fox.

Fogos vão durar 18 minutos

A festa do Réveillon em Niterói, este ano, terá cinco balsas para queima de fogos _ duas a mais do que em 2012_ e 18 minutos de show nos céus, que será acompanhado por 350 mil pessoas nas areias da Praia de Icaraí, no palco montado em frente a Rua Otávio Carneiro. Serão 12 mil bombas, que podem chegar a 550 metros de altura em formatos de coração, estrela, sorrisos e coqueiros. O espetáculo poderá ser visto em Charitas e São Francisco. A festa será comandada pela banda Blitz e a bateria da Viradouro que fará a contagem regressiva para o ano novo.

A estrutura, montada pela Empresa de Lazer e Turismo de Niterói (Neltur), contará com quatro postos médicos e uma área fechada para portadores de necessidades especiais. No dia 31, as ruas paralelas à praia serão fechadas a partir das 15h45m. Somente camelôs credenciados poderão trabalhar na orla. A PM vai monitorar a festa com apoio de câmeras e seis torres de vigilância.

A partir do dia 1º andar no Bondinho custará R$ 62
Publicidade
Andar no Bondinho do Pão de Açúcar vai ficar mais caro a partir do primeiro dia do ano. O bilhete será reajustado em R$9, passando de R$ 53 para R$62. A venda online pelo site (www.bondinho.com.br) e a ampliação da bilheteria de seis para dez guichês já terão início antes do Réveillon. De acordo com a empresa Caminho Aéreo do Pão de Açúcar, que administra o espaço, no dia 31 de dezembro a bilheteria será encerrada às 17h50.
Para quem vai saudar 2014, em Copacabana, ainda há cartões do metrô à venda. Já foram comprados 55.350 dos 143 mil bilhetes. O horário de embarque mais procurado até o momento é o das 21h às 22h. Eles podem ser comprados nas estações Pavuna, Central, Carioca e Largo do Machado. Pela rodoviária Novo Rio, são esperados 415.800 passageiros de hoje até quarta-feira.
Publicidade
Você pode gostar