Nas ruas do Rio

Dos cerca de 35% de moradores das ruas cariocas que não nasceram na cidade, uma grande quantidade veio de São Paulo, Minas e Bahia

Por O Dia

Rio - Dados preliminares do Censo de População em Situação de Rua mostram que a maioria dessas pessoas tem profissão, vários se dizem pedreiros. Segundo a pesquisa, feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, quase todos contam que estão na rua por conta de conflitos familiares.

Dos cerca de 35% de moradores das ruas cariocas que não nasceram na cidade, uma grande quantidade veio de São Paulo, Minas e Bahia. Muitos saíram de municípios vizinhos como Caxias, Nova Iguaçu e São João de Meriti.


Últimas de Rio De Janeiro