Mais de 880 pessoas são atendidas em postos médicos durante festa em Copacabana

Corpo de Bombeiros informou ter realizado 64 socorros em todo estado, com 50 vítimas não-fatais e uma fatal

Por O Dia

Rio - A Secretaria Municipal de Saúde recebeu 889 pacientes nos cinco postos médicos montados na orla de Copacabana para o Réveillon. Quarenta e oito pessoas precisaram de cuidados especiais e foram removidas para hospitais.

A maioria dos atendimentos foi por casos de alcoolismo, mal estar e cortes, principalmente nos pés. O número de ocorrências caiu 23% em relação ao Réveillon do ano passado, quando 1.162 pessoas passaram pelas unidades.

O Corpo de Bombeiros informou ter realizado 64 socorros em todo estado, com 50 vítimas não-fatais e uma fatal. Desses atendimentos, pelo menos 30 foram feitos em Copacabana.

Crítica aos banheiros químicos

A quantidade de banheiros químicos - considerada insuficiente também foi alvo de críticas. Além da sujeiras no interior, a espera era longa em filas que se estendiam por vários metros. O "aperto" era aumentado pelo medo de detenção por alívio em local proibido. A Secretaria de Ordem Pública divulgará balanço nesta quarta-feira. O mesmo será feito pela Comlurb, que marcou presença na orla com a Operação Lixo Zero.


Últimas de Rio De Janeiro