Por bianca.lobianco

Rio - Patrícia da Silva Gabelha, mãe do adolescente Davi Marlen Gabelha Lourenço, de 16 anos, que sofreu traumatismo facial por conta de um grave acidente na Dutra na manhã desta sexta-feira e que está sendo submetido a uma cirurgia neste momento no Hospital da Posse, reclamou do mau atendimento da unidade. "Meu filho está com sangramento na face, com a perna ferida e está sendo mau atendido no hospital. É o pior dia da minha vida", disse desesperada. Na ocasião, três pessoas ficaram mortas e 12 sofreram ferimentos.

Colisão envolvendo van e caminhão deixou três mortos e 12 feridos na Via DutraFotos%3A Severino Silva / Agência O Dia

O acidente ocorreu por volta das 5h da manhã, na Dutra, na altura do Trevo das Margaridas, sentido Centro. Uma van fretada saía com funcionários do bairro Cabuçu, na Baixada Fluminense, em direção à Padaria Sabor de Mel, na Rua Ubaldino, no Centro. O veículo estava com 12 funcionários, incluindo Lucina Maria Macedo Barbosa, de 44 anos, esposa de Elias de Araújo Apolinário, dono do estabelecimento. O filho do casal também seguia dentro da van. A mulher morreu na hora, o garoto Elias de Araújo Apolinário Júnior está internado no Hospital Getúlio Vargas com ferimentos. O motorista Geraldo Santos Guimarães de Melo, de 72 anos, também não resistiu à colisão e morreu no local. 

Segundo um dos feridos, "um caminhão que transportava 8 toneladas de farinha em baixa velocidade, foi acertado pela van quando o motorista do utilitário trocou de pista", disse Eduardo Felipe de Almeida Platana, de 18 anos. Ele afirma, ainda, que o motorista da carreta tentou fugir e andou uns 30 metros, mas quando viu que a van ficou agarrada na carreta por conta do impacto, desistiu e voltou.  Segundo a Polícia Civil, o motorista da carreta, Odair José Mendonça de Jesus, não tinha habilitação para dirigir. 

Completam a lista de feridos sem gravidade: Tadeu Almeida dos Santos, de 13 anos; Paulo Luiz Barbosa da Silva, de 16 anos; Raphael Thales da Silva Mile, de 25 anos; Luan Pereira Diniz, de 22 anos; Kelsio Silva de Jesus, de 19 anos; Eduardo Felipe de Almeida Platana, de 18 anos; Reginaldo Alsemo Correia, de 27 anos; Jhonny Oliveira de Souza, 17 anos e Marlon Davison Cesario de 17 anos. Todos eles foram socorridos e levados para o Hospital da Posse. Um homem ferido sem identificação foi levado para o Hospital Carlos Chagas, na Zona Norte. 


Você pode gostar