Por tamyres.matos

Rio - Os bandidos que fizeram arrastão em prédio de classe média alta na Rua Guilhermina Guinle, em Botafogo, terça-feira, tentaram sair sem deixar vestígios. Antes da fuga, o bando levou o HD com as imagens que registraram toda a movimentação criminosa no edifício.

A invasão dos bandidos foi na terça-feira%2C na Rua Guilhermina GuinleMárcio Mercante / Agência O Dia

Sem as imagens, policiais da 10ª DP (Botafogo) fizeram diligências, nesta quarta, para localizar câmeras de segurança nas imediações, na tentativa de identificar os assaltantes. Os agentes também solicitaram as imagens do circuito interno do prédio em frente ao local do crime e ouviram testemunhas.

Peritos também foram ao prédio para tentar identificar possíveis pistas deixadas pelos criminosos, como impressões digitais. Pelo menos oito bandidos armados invadiram o edifício. Após renderem o porteiro, eles entraram em dois carros, pela garagem. Lá dentro, os ladrões se dividiram. Um grupo ficou próximo à portaria para render os moradores que entravam. O outro subiu pelas escadas para fazer o arrastão.

A ação só foi interrompida após a entrada de um idoso de mais de 70 anos. Ele gritou ao ver bandidos armados ao lado de moradores reféns. Entre as vítimas, estava um casal. A mulher segurava um bebê no colo. Um dos bandidos, então, atirou para o alto. Em seguida, o grupo fugiu, abandonando um Toyota Corolla no estacionamento.

Policiais do 2º BPM (Botafogo) vasculharam o local. Dois apartamentos foram roubados pelo bando. Os imóveis do edifício de cinco andares tinham até quatro dormitórios e 140 metros quadrados.

Você pode gostar