Por tamyres.matos
Rio - O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) interditou nesta terça-feira a Império Comércio de Bebidas, situada na Estrada Santana, 29, Vila São Luís, em Duque de Caxias, por conta do vazamento de óleo diesel. Além da interdição, a empresa foi multada e notificada a promover a limpeza do local em 24 horas, e um representante foi conduzido à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).
A Coordenadoria Geral de Fiscalização (Cogefis) e o Serviço de Operações de Emergência (Sopea) do Inea fizeram uma vistoria no local após denúncias sobre o vazamento do tanque, que tem capacidade para 10 mil litros de combustível, e estava pela metade. O óleo diesel era utilizado nos veículos da empresa, e, como o tanque precisará ser esvaziado devido ao vazamento, a empresa também foi notificada a requerer o manifesto de resíduos junto ao Inea.
Publicidade
Os fiscais constataram que o óleo estava atingindo a galeria de águas pluviais e até mesmo a rede de fiação subterrânea, com risco de explosão, e que o vazamento ocorria há vários meses. O diretor da empresa foi então conduzido para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) para ser autuado e responder a processo por crime ambiental.
Na esfera administrativa, a empresa foi multada no artigo 96 da Lei 3.467/2000, que prevê multa de até R$ 10 milhões pelo vazamento de óleo no solo ou na água. O valor da multa será estabelecido pelo Conselho Diretor do Inea.