Por tamyres.matos
Rio - O vereador Paulo Pinheiro (Psol) fez as contas e descobriu que tem aumentado o número de médicos que pede demissão da Secretaria Municipal de Saúde. Em 2011, foram 141; em 2012, 166; e, em 2013, 228. Todos eram servidores públicos.
Entre os que pediram para sair estavam 93 pediatras, 83 clínicos e 64 obstetras. Para o vereador, a fuga está relacionada à baixa remuneração dos funcionários, que ganham bem menos que colegas contratados por organizações sociais que prestam serviços à prefeitura.