Por tamyres.matos
Rio - Um protesto contra o aumento nas tarifas do transporte público terminou com a forte chuva que caiu no Rio e 17 pessoas detidas, que foram encaminhadas à 17ª DP (São Cristóvão) para averiguação. Até o fechamento desta edição, não havia a informação de quantas poderiam ficar presas. Inicialmente, a informação da polícia é que o grupo poderia responder por dano ao patrimônio público (teriam destruído lixeiras).
O ato teve início na Candelária, por volta das 17h15, e chegou a fechar a Avenida Rio Branco. Cerca de 250 pessoas seguiram em direção à Rua Primeiro de Março, onde fica a Alerj. Por conta da forte chuva, o movimento acabou esvaziando ao longo do percurso. Em alguns pontos, houve correria e princípio de tumulto. A manifestação acabou por volta das 19h30.