Por cadu.bruno
Rio - No dia 29, 790 famílias de pessoas com hanseníase vão receber da Secretaria Estadual de Habitação os títulos de propriedade de casas que construíram na antiga Colônia Tavares Macedo, em Itaboraí.
Até meados da década de 1970, os doentes eram internados de forma compulsória nos chamados leprosários — muitos eram obrigados a ficar afastados de seus filhos. Com o fim do isolamento obrigatório, a maioria não tinha para onde ir e acabou ficando na própria colônia.