Vídeo flagra discussão entre 'Batman' e moradores do Leblon antes de rolezinho

'Super-herói' é criticado por moradores do bairro nobre da Zona Sul. Vídeo tem mais de 120 mil visualizações na Internet

Por cadu.bruno

Rio - Um cineasta, 'Batman' contra a parede, uma fotógrafa nervosa com a possibilidade de um golpe comunista e um confuso repórter francês tentando entender o que se passava. Esses são alguns personagens presentes em um vídeo que circula na Internet e conta com mais de 120 mil visualizações.

No último domingo, no Leblon, um homem vestido de "super-herói" esperava participar do rolezinho no Shopping Leblon, mas foi surpreendido por moradores e acabou discutindo com o cineasta Dodô Brandão.

"O Batman é símbolo do capitalista norte-americano. Você é um idiota. Estamos no Brasil", diz Brandão. Em seguida, uma senhora que acompanhava a discussão dispara. "O Carnaval ainda está muito longe, rapaz, para você ficar com essa palhaçada. Está muito longe".

O "super-herói" não se fez de rogado e disse "que luta pelo seu povo". Ele tirou a máscara e respondeu ao cineasta. "Eu venho para as ruas combater. E você? Em quantos protestos o senhor veio para as ruas lutar pela população?", questionou.

Alterada, uma fotógrafa desabafou. "Existe um plano, sim. Pode botar aí. Existe um plano de ocupação comunista totalitarista no país. Será que ninguém vê isso?", perguntou.

Um repórter francês pergunta ao cineasta se há algum tipo de discriminação. Dodô Brandão prontamente responde e beber com o “pessoal da Cruzada”, referindo-se a Cruzada São Sebastião, um conjunto habitacional do bairro. O cineasta completou dizendo que é um "cara que ganha muito dinheiro, um bom assalariado".

No fim, com todos os personagens reunidos, Dodô ainda quase chegou às vias de fato com um rapaz. Tanto barulho por nada. No fim das contas, o Shopping Leblon fechou as portas e o rolezinho não aconteceu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia