Os rejeitados

Presidente do Ibope diz que denominador comum da campanha eleitoral no Rio é o alto índice de rejeição dos candidatos

Por O Dia

Rio - Presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro diz que o denominador comum da campanha eleitoral no Rio é o alto índice de rejeição dos principais pré-candidatos: Garotinho, Marcelo Crivella, Cesar Maia, Lindbergh Farias e Pezão. Todos têm avaliação negativa de mais de 50% dos eleitores.

Para Montenegro, Lindbergh e Pezão, por serem menos conhecidos, têm rejeição menos enraizada e, em tese, mais fácil de ser enfrentada. Acha, porém, que é prematuro fazer qualquer projeção.

Alternativa

Confiante na rejeição dos outros candidatos, o Pros tenta obter o apoio do PSB para o deputado federal Miro Teixeira, que também quer o Palácio Guanabara.

Sirkis

Tem gente do PSB querendo que Alfredo Sirkis se candidate ao governo. Ele não está animado com a ideia, mas diz que conversará com Marina Silva e Eduardo Campos.

Trair e coçar...

O PMDB investe na divisão do PT. Sexta, Sérgio Cabral vai a Paracambi inaugurar obras do programa Bairro Novo. O prefeito Tarciso Pessoa (PT) já correu para abraçar Pezão. Não é o primeiro prefeito petista a fazer isso.

Cardoso Fontes

O Ministério Público Federal abriu processo contra dez acusados de fraudar licitação no Hospital Cardoso Fontes. Entre eles estão Paulo Roberto Alves e Paulo Roberto Fernandes, diretor e ex-diretor da unidade. Oscar Berro, ex-diretor do Departamento de Gestão Hospitalar, também está na lista.

Bola da vez

Titular da Divisão de Homicídios, o delegado Rivaldo Barbosa é o novo favorito para substituir Martha Rocha na Chefia de Polícia Civil.

Últimas de Rio De Janeiro