Por adriano.araujo

Rio - Cerca de 70 servidores de hospitais federais seguem realizando manifestações no Rio. Nesta quarta-feira, um grupo se concentrou na Rua Jardim Botânico, na altura do Hospital da Lagoa, na Zona Sul da cidade. A via está fechada pelos servidores que caminham no sentido Humaitá.

O protesto começou na Rua Jardim Botânico, que foi parcialmente fechada. Após deixarem a via, o grupo seguiu para a Rua Pacheco Leão, onde se concentrou em frente a sede da Rede Globo, mas não atrapalharam o trânsito. Logo depois, os manifestantes voltaram para a Rua Jardim Botânico.

>>> LEIA MAIS: Rede Federal: Oito unidades de saúde em greve

Servidores de hospitais federais caminham pela Rua Jardim BotânicoLeitora Cris Boar

Os servidores protestam em defesa da jornada de 30 horas semanais e contra a implementação do ponto eletrônico, além de melhores condições de trabalho e o fim da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), criada para administrar de forma terceirizada as unidades de Saúde.

Na terça, a manifestação aconteceu nas imediações do Hospital dos Servidores, na Zona Portuária, e, na segunda, um grupo fechou a pista de subida da Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, via Estrada dos Três Rios, por alguns minutos.

Servidores de hospitais federais voltam a fazer protesto%2C hoje na Zona Sul do RioLeitora Cris Boar


Você pode gostar