Compra de brinquedos sob suspeita irrita vereadora

MP também pode investigar gastos de R$ 2,37 milhões da Secretaria Municipal de Educação com empresa, após denúncia do DIA

Por O Dia

Rio - A vereadora Teresa Bergher (PSDB) protocolará hoje requerimentos de informação junto à Secretaria Municipal de Educação para esclarecer as compras de brinquedos no valor de R$ 2,37 milhões, feitas pelo órgão junto à empresa Boutique Pedagógica. O Ministério Público também avalia uma possível investigação devido à falta de licitação nas compras.

“Vou entrar com requerimentos junto à secretaria para ver todo o teor do processo, a relação dos itens e preços, além da justificativa de inexibilidade”, disse a vereadora. O DIA revelou ontem que o estabelecimento sediado no último andar de um ‘puxadinho’ em Senador Camará, na Zona Oeste, é um dos principais fornecedores de material para as unidades infantis da prefeitura. A empresa conta com apenas oito costureiras.

Boutique Pedagógica%2C contratada sem licitação%2C funciona com apenas oito costureiras em Senador CamaráCarlo Wrede / Agência O Dia

Depois que O DIA pediu acesso ao processo de compra de 4.800 itens por R$ 411 mil, publicado na última segunda-feira, a prefeitura anunciou que não faria novas aquisições com a empresa. A justificativa seria o alto valor do contrato. No entanto, em 2010, 2011 e 2013, a prefeitura gastou valores semelhantes com a mesma empresa, totalizando R$ 2,37 milhões.

“Infelizmente não é a primeira vez que encontramos essas empresas que parecem mais de fachada. Vou querer saber o porquê do cancelamento após a solicitação do acesso ao processo de compra desse material. Isso deveria estar no Portal da Transparência, para que qualquer cidadão tivesse acesso”, observou a vereadora.

A Secretaria de Educação se recusou novamente a justificar a falta de licitação nas compras e a fornecer o processo. O DIA protocolou um pedido com base na Lei de Acesso à Informação para consultar os documentos. Segundo o órgão, a compra era destinada a brinquedos como maleta de ferramentas, boliche, cabaninha de mesa, pufes e bonecas.

Últimas de Rio De Janeiro