Manifestantes se concentram na Candelária

Protesto contra o aumento da passagem de ônibus deve seguir até a Central do Brasil e Cinelândia

Por O Dia

Rio - Cerca de 500 manifestantes se concentram, na noite desta quinta-feira, para o protesto contra o aumento das passagens de ônibus, na Candelária, Centro do Rio. O ato, que foi marcado pelo Fórum de Lutas contra o Aumento da Passagem, segue pelas principais vias, como as Avenidas Rio Branco e Presidente Vargas em direção à Central do Brasil e Cinelândia.

Os ativistas estão com bandeiras de partidos políticos e carregam faixas com palavras de ordem contra o aumento e de ataque à imprensa, chamada de fascista. Policiais militares acompanham os manifestantes, que começaram a marchar na Avenida Presidente Vargas às 18h55.

Por volta das 19h40, os ativistas chegaram à Central, mas não pararam no local conforme vinha sendo feito nos últimos atos. Portões da Central do Brasil foram fechados no momento da passagem do grupo. A marcha, que ganhou mais 300 pessoas no percurso, está nos arredores da Prefeitura. A estação do metrô da Cidade Nova foi fechada preventivamente, mas não há registro de confusão.

O tráfego apresentou lentidão no Viaduto dos Marinheiros, com retenção até o Maracanã. Pelo menos mil pessoas estão no ato neste momento.

Últimas de Rio De Janeiro