Mão nas obras

Pré-candidato ao Palácio Guanabara, Pezão já começou a gravar imagens para o programa do partido que será exibido no início de março

Por O Dia

Rio - Pré-candidato ao Palácio Guanabara, Pezão já começou a gravar imagens para o programa do partido que será exibido no início de março. Ele vai aparecer ao lado de obras do governo estadual, como o Arco Metropolitano e o Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria de Segurança.

Com isso, os marqueteiros do PMDB querem apresentá-lo ao eleitorado como um tocador de obras. De quebra, as imagens, ao ressaltar as iniciativas do governo, tentarão recuperar a imagem de Sérgio Cabral.

Vingança 1

Ao declarar apoio à reeleição de Dilma Rousseff, Pezão não aplacou a sede de vingança de peemedebistas revoltados com a decisão do PT de lançar candidato ao governo. Os ataques de Lindbergh Farias à administração estadual pioraram a situação.

Vingança 2

Presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani diz que o partido não deve apoiar Dilma. Afirma que não é hora de indicar outro nome, mas avisa não querer saber de neutralidade.

Trote limpeza

Calouros da Faculdade Nacional de Direito (UFRJ) participarão hoje, no Campo de Santana, de um eco-trote. De vassouras na mão, vão ajudar a limpar o local. A ideia é da Fundação Parques e Jardins, que convenceu as lideranças dos estudantes a substituir o trote que humilha os colegas.

Sem manchas

Como diria a turma do ‘Casseta’, nossos problemas acabaram. Preocupado com as unhas e dentes dos consumidores e com a integridade de suas roupas, o deputado estadual Rosenverg Reis (PMDB) apresentou um projeto de lei revolucionário: obriga bares e restaurates a disponibilizar abridores de sachês de maionese, ketchup e mostarda.

Últimas de Rio De Janeiro