Prefeitura e PM montam força-tarefa para combater pequenos delitos

Operação vai reunir 250 pessoas e atuará do Centro à Zona Sul

Por O Dia

Rio - Uma força-tarefa da Prefeitura com a Polícia Militar começou a atuar, nesta terça-feira, para combater pequenos delitos na cidade. Comboios com equipes das secretarias municipais de Governo, Desenvolvimento Social e Ordem Pública, Comlurb, Guarda Municipal e a Polícia Militar vão percorrer as ruas do Centro à Zona Sul, dia e noite, sete dias da semana. Noventa e dois moradores de rua foram levados ontem a abrigos da prefeitura no primeiro dia da força-tarefa montada pelo Executivo municipal em parceria com a PM, e cuja intenção é combater delitos no Centro e na Zona Sul. Oito suspeitos prestaram esclarecimentos em delegacia. Com eles, havia cinco facas

>>>GALERIA: Prefeitura e PM criam força-tarefa

“O objetivo é atuar com todos os órgãos para enfrentar os problemas de forma simultânea, numa ação mais coordenada e integrada, com uma equipe multidisciplinar, para inibir pequenos delitos. Acreditamos que ações integradas dão respostas mais rápidas e mais consistentes”, explica o secretário de Governo, Rodrigo Bethlem, coordenador do projeto .

Força-tarefa atua inibindo pequenos delitosMarco Antônio Cavalcanti / Agência O Dia

A força-tarefa será formada por quatro equipes, com 20 profissionais cada, dentre eles cinco guardas municipais, quatro policiais militares, quatro assistentes sociais e um agente da Ordem Pública. O efetivo total contará com 250 pessoas.

Diariamente, os comboios sairão de três pontos do Rio: 19º Batalhão da Polícia Militar, em Copacabana, e as Unidades de Ordem Pública (UOP) do Catete e do Centro.

Últimas de Rio De Janeiro