Procon autua dez restaurantes no Rio de Janeiro e Niterói

Mais de 170 kg de alimentos impróprios foram apreendidos pelo órgão

Por O Dia

Rio - O Procon realizou nesta terça-feira, autuou em 15 estabelecimentos no Rio de Janeiro e Niterói, onde apenas cinco não apresentaram irregularidades. Ao todo, mais de 170 kg de produtos foram apreendidos. O caso mais grave aconteceu na Churrascaria Mocellin, no bairro de São Francisco, em Niterói.

Carne imprópria foi apreendida na churrascaria Norte Grill, no Engenho de DentroDivulgação

No local, foram encontrados quase 20 kg de produtos impróprios para consumo, como camarão cru, feijão, frios, maionese, entre outros. A cozinha foi parcialmente interditada. Em outros estabecimentos, alguns alimentos estavam em estado avançado de putrefação, com a carne esverdeada no restaurante Norte Grill, no Engenho de Dentro.

Na Churrascaria Mocellin%2C em Niterói%2C foi onde os fiscais encontraram mais produtos impróprios para o consumoDivulgação

Já na Churrascaria Tchan, localizada na Tijuca, a sobra de carne mofada banhada em gordura chegou a ser confundida com carne seca e abóbora pelos fiscais. Os estabelecimentos que não apresentaram irregularidades foram: Palace, de Copacabana; Barra Grill; Fogo de Chão, de Botafogo; Estrela do Sul, da Tijuca; e Verdana Grill, em Charitas, Niterói.

Mocellin nega ter sido autuada por carne estragada

A assessoria de imprensa da Churrascaria Mocellin divulgou uma nota oficial negando ter sido autuada pelo Procon por conta de carne estragada e que apenas uma parte do restaurante foi interditado por conta de uma obra. Confira a abaixo a nota da churrascaria.

"O Mocellin Niterói não foi autuado pelo PROCON por carne estragada. O restaurante estava com produtos em manipulação, ou seja, que haviam acabado de ser abertos para preparo. Por orientação da nutrição e por ordem da vigilância, todos os produtos, inclusive os abertos devem ser reetiquetados logo após a sua utilização. Por estar em uso, para preparo dos pratos do dia, só poderiam ser validados após a sua completa utilização que aconteceria ao longo do dia. Vale ressaltar que não tivemos a cozinha interditada, mas sim uma parte do restaurante que está em obra para melhor atender ao cliente. A casa está em funcionamento normal", diz a nota.

Últimas de Rio De Janeiro