Suspeita de matar a mãe na mira da Justiça

Corpo da aposentada foi encontrado concretado embaixo de pia

Por O Dia

Rio - A Justiça decretou nesta quinta-feira a prisão temporária, por 30 dias, de Samile Pinto da Fonseca, de 39 anos, e do namorado dela, Fábio de Oliveira Furtado, de 18. Eles estão foragidos e são acusados de matar a mãe de Samile, Sônia Maria Pinto da Fonseca, de 62. O corpo da aposentada foi encontrado concretado embaixo da pia da cozinha da casa dela, em Santa Cruz, quarta-feira. A Divisão de Homicídios (DH) investiga o caso.

Sônia não era vista havia três dias na Rua Francisca Xavier. Vizinhos desconfiaram do desaparecimento dela e acionaram a polícia, após sentirem um forte cheiro na casa. Indagada pelo paradeiro da mãe, Samile teria dito aos vizinhos que ela estava viajando. A mãe não aceitaria o relacionamento da filha.

Últimas de Rio De Janeiro